Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Unsteady

"real life was something happening in her peripheral vision"

20
Out18

De volta à agonia

Depois de 3 mês a trabalhar 6 dias por semana, a fazer horas extras, a não ter tempo para respirar, voltei às aulas a pensar que ia voltar à melhor rotina que eu conhecia. Mal imaginava eu aquilo que me esperava. Um professor que nos grita aos ouvidos que somos, passo a citar, "asnos e ignorantes", que somos uma abominação e desrespeitadores da nossa cultura porque usamos tecnologias. Uma professora que olha para nós, estudantes de Psicologia, e tem a excelente ideia de lidar connosco como se fôssemos o 2.º ano da licenciatura em Medicina. Uma série de trabalhos, para os quais temos pouca ou nenhuma orientação, mas que dispõem de um prazo muito curto para dar tempo para sequer entender o objetivo do que vamos/estamos a fazer. A verdade é que eu durante todo o verão senti a falta e a necessidade do trabalho que a universidade me dá, mas não me lembrava da sensação de impotência, da ansiedade e do desespero que muitas vezes nos provoca. Se disser que só estou na minha terceira semana de aulas e já chorei litros e litros de baba, ranho e lágrimas, acreditam? Mas também, voltei a rir à gargalhada como já não fazia há muito tempo. E talvez, só mesmo talvez, até compense a cara inchada de choro ao final do dia.

1 comentário

Comentar post