Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Unsteady

"real life was something happening in her peripheral vision"

13
Fev17

11 dias: o resumo

 

 Aturou-me durante 11 dias e só não levou uma medalha de ouro consigo porque não tive tempo de pensar nessa ideia genial, que representa uma verdade inquestionável: é a pessoa que mais paciência tem para mim. Tenho imensa pena que o tempo não tenha estado a nosso favor; foram dias de passeio debaixo de alguma chuva, mas que não nos impediram de ver sítios bonitos. O meu objetivo nestes 11 dias foi tentar mostrar ao V. aquilo que me fez apaixonar pelo Porto e espero ter conseguido suscitar uma vontade de cá voltar. Os Jardins do Palácio de Cristal, os Aliados, a Cordoaria, a rua da Livraria Lello, a rua de Cedofeita, a estação de São Bento, a Sé do Porto, a ponte D. Luis I, a Ribeira, um pouco de Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Leça da Palmeira, foram todos locais que o V. levou consigo na memória de volta para a sua casa. Ficaram em falta muitos pontos igualmente bonitos, como o Museu de Serralves, o Planetário, o Zoo (nunca lá meti os pés), que deixo para uma próxima visita que ele me faça. Foram 11 dias de férias que eu tive o prazer de aproveitar, merecidas tanto de um lado como de outro, e que deixaram uma vontade enorme de repetir a experiência, não só no Porto como em outro lugar qualquer do mundo. Tive a sorte de encontrar uma companhia excelente para passar o tempo, mas esqueceram-se de me encher os bolsos para poder correr o mundo com ela.

1 comentário

Comentar post